2007-06-25

Variação sem convite

Como sabes, eu nem uso disso.

Despe, Dida
essa sina da vida
de quem não soube ler
a própria palma
como devia:
descobre-te, tardia
em gestos vazios
- a afagar seios seus
sem qualquer magia.

Etiquetas:

4 Comentários:

Blogger beleza de mulher escreveu...

para isso tenho de ter convite e eu te faço um!! visita-me no meu blog hehehehe

25/6/07 21:30  
Blogger Helena Nunes escreveu...

Pudera "Dida" afagar seus seios,
com a pureza com que a escreves
voltarei, para ler o que descreves
e saber se "Dida", perdeu os anseios
Bjos

26/6/07 02:58  
Blogger Sleeping_Angel.69@Hotmail.com escreveu...

belo texto e um espaço muito bom graçias pela visita ao meu canto

26/6/07 17:13  
Blogger ponto azul escreveu...

Essa Dida parece ser atrevida CAP...gostei!Bjs :-)

26/6/07 17:16  

Enviar um comentário

<< Home

Who Links Here