2007-07-16

calada

*

calou-se completamente:
tudo pude ter, menos possuir
calada ela não consente
o que se quer repartir.

parte a solidão, mar aberto
o corpo insensato ir e vir
eu me fingia desperto,
ela fingia dormir.

*

cantodothiago@hotmail.com

*

4 Comentários:

Blogger Erecteu escreveu...

Fica um abra�o e o desejo de que n�o minimizes as for�as.

17/7/07 08:06  
Blogger Vertice da Alma escreveu...

Gostei de ler e aqui estar

19/7/07 01:02  
Blogger Lídia Amorim escreveu...

lindo! :)

jokas**

19/7/07 08:26  
Anonymous Charlie escreveu...

E é no fingir que nos descobrimos.

21/7/07 10:24  

Enviar um comentário

<< Home

Who Links Here