2007-03-12

Nenhures

foto:Blog imagens, Ben Heys, por JotaCê


De mim mesmo invento um mundo

Sem tristeza ou alegria

Nem nascentes ou poesia.

Apenas um não rotundo

ao sim que ontem já foi dia

E que em nada e noite inundo...

7 Comentários:

Anonymous ediney santana escreveu...

de nós nos re-construimos, os que escrevem e os que lêem. gostei dos teu versos simples e delicados

12/3/07 23:30  
Blogger Menina do Rio escreveu...

Este comentário foi removido pelo autor.

13/3/07 00:21  
Blogger Menina do Rio escreveu...

Já nem sei se invento um mundo ou me invento nele...
Suave e doce como uma melodia.
Adorei Charlie!

13/3/07 00:23  
Blogger Ana escreveu...

Afirmação ou desejo, mas belo de se ler.

14/3/07 01:38  
Blogger João Filipe Ferreira escreveu...

que lindo....adorei ler-te de novo...
tetxos lindos:)

15/3/07 18:19  
Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! escreveu...

Tipico nosso... De nós mesmos inventamos o mundo .. o nosso mundo ... bjinhos

15/3/07 22:07  
Blogger Nilson Barcelli escreveu...

Gostei.
O poema é pequenino, mas profundo.
Bom fim-de-semana.

PS: Obrigado pela tua visita e comentário. Volta sempre.

17/3/07 18:54  

Enviar um comentário

<< Home

Who Links Here