2006-03-25

Ir ao fundo

Mergulho
no mais fundo
de mim mesmo
e todo eu
sou medo.
Medo de ser
e de não ser
medo de não voltar
medo de me perder
para sempre.
E o medo leva-me
mais fundo
ainda mais fundo
até que já nada sou.
E é então
nesse exacto momento
que
esvaziado de mim
me esvazio do medo
e venho à tona
no fundo mais fundo
de mim mesmo.
Onde nada existe.
Nem mesmo eu.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo escreveu...

Very nice site! » » »

24/4/07 06:52  

Enviar um comentário

<< Home

Who Links Here